terça-feira, 6 de outubro de 2009

Kaila...


Vies-te para os meus braços pequenina, ainda mal abrias os olhos e eu já te amava.



Aninhei-te durante a noite na minha cama, e recebi a gratidão dia após dia com a tua companhia.


Foi o amor mais incondicional que senti até hoje, e que agora me faz tanta falta.


É incrivel como me consegues compreender tão bem, e como eu só de olhar para ti, percebo o que queres de mim.


E basta rolar uma lágrima no meu rosto, para que todo o alarido e euforia da tua personalidade se transformem em consolo e fidelidade.


Eras aquilo que me esperava em casa, eras aquilo que eu queria encontrar. Eram as tuas brincadeiras e os nossos momentos que eram importantes.


A hora do banho, da refeição, ou a hora de dormir....sempre o mesmo, vivido de maneiras diferentes, e todos os dias me mostravas mais um bocadinho de ti, e recebes-te a minha gratidão dia após dia....


Hoje já não te encontro no muro de entrada com o pescoço estigado a “chamar” por mim, nem na minha cama te aconchegas. Hoje as horas do dia passam mortas sem a tua companhia.


Já não pertenço em lugar algum, porque vivo das nossas recordações que já não têm tempo nem lugar.


Já não sinto a tua respiração ao dormir....e já não és a primeira coisa que vejo ao acordar.


Mas eu só queria por momentos voltar, aquilo que era nosso, e poder-te dar a segurança que ficava contigo para sempre ao invés de partir por aquele portão e ver os teus olhos olhar para mim a dizer-me “mais uma vez vais-te embora”.


E volto com o coração partido por ter partido o teu...porque cada dia existimos menos um bocadinho....e um dia já não teremos recordações para viver.


1 comentários:

Malakatunga on 9 de outubro de 2009 às 10:07 disse...

gostas mais dessa bola de pelo do que de mim...
é verdade que te deu muitas alegrias, mas qual é o canito que não dá? basta ser nosso, e dar-lhe amor, e ele dá-nos tudo em troca, companhia, amizade incondicional, é o único que fica quando todos se foram, nunca nos deixa ficar mal quando mais precisamos, mesmo que não nos perceba na perfeição, sabe sempre como nos sentimos, e nunca recusa um abraço ou um desabafo...sofre com a nossa partida, tal como nós sofremos com a dele..
é definitivamente o melhor amigo do homem....
...e da mulher...

Enviar um comentário

 

Cute Nails Copyright © 2009 Cosmetic Girl Designed by Ipietoon | In Collaboration with FIFA
Girl Illustration Copyrighted to Dapino Colada